Arquidiocese

Subsídios Semeadores de Esperança (2018/2019)
[+info]

Desejo subscrever a newsletter do Arciprestado de Fafe
José António Ribeiro de Lima Carneiro | 30 Dez 2017
Natal em Família celebrou a alegria do amor
Casais e sacerdotes em jubileu foram homenageados
PARTILHAR IMPRIMIR
 

A segunda edição do “Natal em Família” levado a cabo pelo Arciprestado de Fafe, celebrou a alegria do amor homenageando famílias que iniciam o ano jubilar de 1, 25, 50 ou 60 anos de matrimónio, assim como sacerdotes que celebraram bodas sacerdotais ou concluíram recentemente as suas missões pastorais por razões de idade ou fragilidade.

Na sessão que decorreu no Teatro Cinema de Fafe com a presença de D. Nuno Almeida foram homenageados 33 casais e cinco sacerdotes, num hino à família como lugar onde nasce a vocação matrimonial e sacerdotal. Um dos pontos altos da noite foi o concerto apresentado pela família Figo Maduro que viajou de Lisboa e a todos brindou com um espetáculo memorável em tempo de Natal, encantando todos os presentes.

O bispo auxiliar de Braga, depois das boas vindas dadas pelo arcipreste, Pe. Pedro Daniel Marques, deixou palavras de incentivo e de esperança aos que lotaram por completo a mais bela sala do concelho, cedida pelo Município que se fez presente pelo presidente Raul Castro.

Numa pequena reflexão ligada ao plano pastoral que a arquidiocese está a viver, D. Nuno Almeida afirmou que “para que a família seja capaz de despertar esperança precisa de preservar a intimidade familiar e respeitar o ritmo, a história e a tradição familiar, especialmente pela valorização do Domingo, como Dia do Senhor, dia da Família e dia do Descanso”. A este propósito afirmou que a defesa e a preservação do domingo devia ser uma “causa comum”, para lá de qualquer quadrante religioso, político ou económico.

A contemplação da Sagrada Família de Nazaré, disse D. Nuno Almeida, ajudará cada família a "descobrir o essencial", a superar as dificuldades e os obstáculos e a viver a alegria do amor.

Cada um dos casais homenageados recebeu uma medalha evocativa e também um livro com um comentário acessível da exortação do Papa Francisco “A alegria do amor”, que resultou do último Sínodo dos Bispos.

Também os padres Joaquim Soares e António Couto, que celebraram 60 anos de ordenação e o padre Manuel Novais, que celebrou 25 anos de sacerdócio, receberam as respetivas homenagens.

O padre Manuel Ferreira, que foi até Setembro pároco de S. Romão de Arões, e o padre António Lima, recentemente falecido, foram agraciados e receberam o aplauso maior da comunidade do arciprestado fafense como reconhecimento por tantos anos a servir o Povo de Deus ali peregrino em 37 paróquias.

PARTILHAR IMPRIMIR
Arciprestado de Fafe
Contactos