Horário do Cartório

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.
 

Boletim Paroquial
Boletim 369 - II Domingo da Quaresma - Ano A - 08-03-2020
Crónica para o I Domingo do Advento - ANO B - 29 de Novembro de 2020

I Domingo  DO ADVENTO.pdf

 

 

 

 

I  DOMINGO DO ADVENTO 

Ano B

«Vigiai!» 

Já não se ouve o apitar do Comboio… 
Na mão erguia-se a lanterna acesa… Na mente a alegria da tranquilidade do dever cumprido!
Mas, o Metro vem silenciar tudo o que desperta em nós o estado da boa ansiedade.
Já não há Vigias. 

É preciso VIGIAR!
Estar atento ao palpitar do nosso coração.
Acolher a vontade do Pai e libertar a alma.
Sair desenfreadamente para anunciar a vinda do Messias!
Cansados de escutar o mesmo pedido?
SIM! Então, porque não o realizamos?

Invocamos hoje, amanhã e para todo o sempre o Nome de Deus!
Somos o barro que o oleiro deu forma.
Em cada um de nós habita um rasto de Paz e uma força extasiante.

Por isso, afastarmo-nos do caminho do Pai, provoca medo e suja as nossas vestes.
A certeza de que o Senhor é Misericordioso mantem-nos firmes na Fé.
Quando nos arrancam o coração, com pequenos sinais de que o mundo não quer mudar, é a Palavra que sai da boca do Cristo, que fortalece a nossa Esperança.

No 1º domingo do Advento, do Ano B, o Homem deixa a sua casa ao cuidado dos Servos.
Parte! 
Deixa a promessa que voltará:
«…se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se de manhãzinha; 
não se dê o caso que, vindo inesperadamente, vos encontre a dormir.»
Eis que descobrimos: o nosso tempo não é o tempo de Deus!

Tu e eu somos os Servos.
A tarefa é, sem qualquer dúvida, AMAR.
Quem? A TODOS (sem distinção).
Quando? Hoje!
Como? Intensa e imensamente!

Negar esta missão… é permanecer num sono pesado e fútil.
É não ter VIDA! É viver no medo!

Servo de Deus…
Mantem os olhos abertos!
Nos ouvidos instala a última aplicação, que este mundo inventou,
para bloquear o mal e amplificar o bem.

Não retenhas no teu barro a Vida que o Pai soprou: Ousa! 
Acolhe a Caridade como único sangue que te corre nas veias.
Sê testemunha da graça do Pai e Acorda!

Nós somos Igreja… Nós somos eternos Vigias!
É tempo de partilhar a Caridade!
Eis a tarefa mais bela, que o Bom Deus nos dá.
Acolhe-a!

Arquidiocese

Uma Igreja Sinodal e Samaritana

Programa Pastoral 2020/2023

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Paróquia Nossa Senhora da Lapa
Liliana Dinis | Póvoa de Varzim| 17 Out 2020
Crónica para o XXIX Domingo do Tempo Comum - Ano A - 18 de Outubro de 2020
Ó… Fariseu dos tempos modernos, porque ainda não deste ao mundo o que é do mundo?
PARTILHAR IMPRIMIR
 

Link


XXIX Domingo do Tempo Comum

Ano A 

«Mestre, sabemos que és sincero e que ensinas, segundo a verdade, o caminho de Deus…» 


Dou! Dás! Dá! Damos! Dais! Dão!
O verbo Dar no presente do indicativo é uma das mais extraordinárias formas de vislumbrarmos o Amor de Deus.
Eu dou o meu tempo! Tu dás Esperança! Ele dá um conselho!
Nós damos 1% do nosso ordenado! Vós dais a vida! Eles dão Amor!
E nesta doação gratuita o caminho de Deus está traçado e a verdade sobre os ensinamentos do Cristo são vividos em plenitude.
A dúvida sobre a omnipresença de Deus nas nossas vidas é dissipada, quando levamos O Senhor aos que não são capazes de dar ao mundo a esperança que O Pai lhes confiou!
Deus é digno de receber, sempre, o melhor que possuímos.
Tudo o que nos faz felizes vem do Nosso Criador e para Ele devia voltar, como sinal da nossa gratidão.
“Só Vós Senhor nos dais a Vida!”
O Santo Espírito que nos guia o coração mostra-nos uma única via para sermos alegres:
construir um mundo onde reine a caridade! Onde as palavras tenham forma, cheiro, sabor e sejam visíveis…
Hoje, a liturgia do 29º domingo do Tempo Comum, do Ano A, imprime, no peito da humanidade, as Palavras que Deus dá ao mundo!
As obras de Amor profundo de Jesus são colocadas à prova com malícia: «É lícito ou não pagar tributo a César?»
Mas, o Mestre nunca deixa de nos dar o melhor que tem:
«…dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus».
Será que ao darmos ao mundo o que é do mundo, não estaremos a dar o melhor de nós a Deus?
Neste permanente dar, que a nossa vida é, o Evangelho de Jesus ressuscita.
Ó… Fariseu dos tempos modernos, porque ainda não deste ao mundo o que é do mundo?
Guarda dentro do coração todo o mal que te faz sofrer…
Pensa que é como um imposto que tens de pagar ao estado, para que as estradas sejam alcatroadas e não de areia batida, como em África ou na Ásia…
Lembra-te que o mal quando é espalhado aumenta rapidamente, como os juros de uma dívida ao estado, quando não regularizaste a tempo e horas o IMI da tua casa, que tem saneamento básico, ao contrário das casas na América latina…
O mundo precisa de ti.
Da tua forma de olhar que aquece sorrisos…
da tua palavra que abre fronteiras…
da tua mão estendida que ajuda quem parte para além do mar…
do teu sal que vem dar sabor ao açúcar…
do teu perfume que lança oração e irradia Paz!
Se fôssemos verdadeiramente honestos, com tudo o que temos… seríamos felizes no DAR!
Então? O que vamos DAR hoje?



PARTILHAR IMPRIMIR
Documentos para Download
Paróquia de Nossa Senhora da Lapa
Casa Paroquial
Morada

Rua padre Manuel Marques Silva, s/n
4490-582 Póvoa de Varzim

TEL

252624200

FAX

252620975

Cartório Paroquial

Cartório Paroquial - Horários

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.

Confissões

Confissões

Visitas aos Doentes

Visitas aos Doentes 

 

Párocos