Horário do Cartório

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.
 

Boletim Paroquial
Boletim 369 - II Domingo da Quaresma - Ano A - 08-03-2020
Crónica para o VI Domingo de Páscoa - Ano C - 22 de Maio de 2022

Link

 

VI Domingo da Páscoa

Ano C

«Ensino…»

Ensinar é partilhar o que nos habita na Alma.
Para transmitir o conhecimento, primeiro temos de o guardar dentro de nós.
Só depois de o saborearmos, de o experimentarmos, de o vivenciarmos e de o amarmos, é que podemos ensiná-lo a todos aqueles que querem sentir o que sentimos.

Não é possível ensinar a Palavra de Deus sem que a nossa vida seja o seu reflexo.
Assim como, não abrimos caminhos de Paz com armas nas mãos;
A Bondade não concorda com inércia; O Amor é inimigo da violência; A Fé não existe sem a Igreja de Cristo;
A Esperança é escassa sem Deus; O Espírito Santo não vive sem ti e sem mim…

Hoje, o 6º Domingo da Páscoa, do Ano C, ensina-nos que somos sinais fundamentais da presença d’O Pai na vida da humanidade.
Através de cada Baptizado o ensino da Palavra de Deus torna-se realidade.
Quem o garante é o Mestre:
«Ora a palavra que ouvis não é minha, mas do Pai que Me enviou.»
Amar e ser amado já não é utopia. Diz-nos Jesus:
«Quem Me ama guardará a minha palavra e meu Pai o amará.»
Deus cumpre cada promessa em Jesus, O Cristo, que afirma com benignidade:
«Vou partir, mas voltarei para junto de vós.»
Não duvides… aprende a esperar!

Vive como Maria, Nossa Mãe, viveu:
Obediente à vontade do Pai e feliz por cumprir as promessas do Senhor.
Ela que foi a primeira a guardar no Seu ventre a Palavra de Deus e a semear o Seu amor no coração de cada ser humano.

Enquanto esperamos…
Há uma missão muito maior do que ficar sentado.
Sê Palavra de Deus em movimento.
Não estás cansado de viver no sossego?
Se pensas que encontrarás Paz ao te afastares dos desígnios que Deus traçou para ti, andas um pouco enganado com o mundo, com o próximo, contigo próprio.
És muito mais do que o corpo que exibes.
Tu és morada do Santo Espírito de Deus.
Em ti a promessa de Jesus ganha vida.
Aprende a falar Dele, para Ele, com Ele e através de Dele…
Os outros falarão de Deus, para Deus e com Deus.

Toma parte do ensino da Sua Palavra.
Guarda-A no teu coração, deixa que germine bem quentinha e sentirás que:
onde há Amor, nascem gestos!

E… tu serás aquele gesto de Amor
onde cada ser humano encontrará a Paz que Jesus prometeu!

Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Paróquia Nossa Senhora da Lapa
Liliana Dinis | Póvoa de Varzim| 15 Jan 2022
Crónica para o II Domingo do Tempo Comum - Ano C - 16 de Janeiro 2022
Onde há Amor, nascem gestos!
PARTILHAR IMPRIMIR
 

 

II Domingo do Tempo Comum

Ano C

«Abre os olhos…»

 

Como abrimos os olhos?
É um ritual tão intrínseco que não pensamos nem refletimos sobre este gesto.

Um olhar de ternura dá-nos esperança.
Um olhar de soslaio é sinónimo de reprovação.
Um piscar de olhos é sinal de engate.
Um trocar de olhos diz-nos: “Que pateta!”
Abrir bem os olhos espanta qualquer um!
Fechar os olhos é não querer ver…
Tudo o que somos é desvendado num abrir e fechar de olhos,
quando quem nos olha quer realmente ver-nos!

Hoje, no 2º domingo do Tempo Comum, Maria, a Mãe atenta de cada um de nós,
olha para uma Festa de Casamento, para a alegria das Bodas, com amor infinito!
Atenta, Nossa Senhora vai ter com O Filho:
«Não têm vinho» Como quem diz: perderam a alegria
O Filho vivia um momento de descontração e de partilha com os seus amigos.
Afinal a Sua hora ainda não tinha chegado…
Mas, Maria não desvia o olhar do que é importante e aconselha:
«Fazei tudo o que Ele vos disser». e o Milagre aconteceu!

O Vinho bom da nossa vida será servido no melhor da Festa.
Que no nosso coração habite o aconchego da promessa divina, de que jamais seremos abandonados.
Que o nosso peito albergue os dons do Espírito Santo.
Que o anúncio das maravilhas do Senhor seja edificado pelos nossos gestos diários.

Senhor, Criador da Vida,
revelaste à humanidade o Teu amor.
Em Jesus, O Filho amado e obediente de Maria,
encontramos a alegria mais pura da Aliança do sangue.
Com o Teu Santo Espírito,
somos capazes de servir diariamente e com alegria a Igreja.
Ajuda-nos, Bom Deus, a abrirmos os nossos olhos.
Ilumina as nossas escolhas com a Disponibilidade de Maria, Nossa Mãe.
Transforma as nossas dores e anseios em sinais de Esperança e Fé.
Que a nossa vida seja um eterno Milagre.

Onde há Amor, nascem gestos!

 

 

PARTILHAR IMPRIMIR
Documentos para Download
Paróquia de Nossa Senhora da Lapa
Casa Paroquial
Morada

Rua padre Manuel Marques Silva, s/n
4490-582 Póvoa de Varzim

TEL

252624200

FAX

252620975

Cartório Paroquial

Cartório Paroquial - Horários

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.

Confissões

Confissões

Visitas aos Doentes

Visitas aos Doentes 

 

Párocos