Horário do Cartório

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.
 

Boletim Paroquial
Boletim 369 - II Domingo da Quaresma - Ano A - 08-03-2020
Crónica para o Domingo da Solenidade de Cristo Rei - Ano C - 20 de novembro de 2022

 

 

Solenidade Cristo Rei do Universo

Ano C

«Pedir…»

 

Cristo que és o meu Rei…
Hoje, não Te peço por pedir…
Peço-Te para que a Juventude Te anseie.
Peço-Te para que o espírito da Humanidade se mantenha jovem.
Peço-Te para conseguir acompanhar a evolução dos tempos, ao serviço de cada Batizado.
Peço-Te que sejas a Voz de Perdão que comanda os pés de quem sofre com a maldade humana.
Peço-Te que abram portas de par em par para Te acolher e para Te amar, infinitamente.
Peço-Te que a Esperança acenda a Fé, que vagueia na Alma.
Peço-Te que Te encontrem, urgentemente.
Peço-Te que vejam a Tua Luz!

No Domingo em que celebramos o encerramento do ano Litúrgico C,
onde nos despedimos do Evangelista da Misericórdia, das Parábolas,
peço a intercessão de S. Lucas para nos refrescar o rosto com o belo diálogo entre Jesus e Dimas.

Hoje, que cada um de nós seja Dimas…
Capaz de pedir a Jesus o Seu infinito olhar… A Sua Misericórdia!
Capaz de reconhecer no Homem Crucificado e Humilhado por todos, O Salvador da Humanidade inteira.
Aquele que é o Messias de Deus, o Eleito… Mas que vem e se faz homem, como eu e como tu.

É tempo de pedir…

Nesta oração de petição coloquemos o “Temor a Deus“ num patamar superior:
No “Ter Amor” a Deus, Pai e criador.
Assim, viveremos plenamente ao sabor do vento e da liberdade divina,
que a juventude tanto procura neste mundo de terra árida,
onde O Cristo plantou a Sua Palavra de Salvação.
Ainda hoje, poderemos colher os frutos dessa semente…
O fruto mais abundante será o Amor!

Onde há amor nascem gestos e aí habita [e habitará para todo o sempre] Deus.

Tu que és jovem [em Espírito e verdade]… Vem procurá-Lo!
Peço-te!

Arquidiocese

ANO PASTORAL
"Juntos no caminho de Páscoa"

[+info e Calendário]

 

Desejo subscrever a newsletter da Paróquia Nossa Senhora da Lapa
Liliana Dinis | Póvoa de Varzim| 20 Mar 2022
Crónica para o III Domingo da Quaresma - Ano C - 20 de Março de 2022
Bendiz, ó minha alma, o Senhor e todo o meu ser bendiga o Seu Nome Santo.
PARTILHAR IMPRIMIR
 

 

 

 

III Domingo da Quaresma

Ano C

         «Opiniões …» 

Aquilo que pensas sobre alguém, não faz desse alguém melhor nem pior.
É apenas o que habita a tua alma… No entanto, o que dizes sobre alguém diz muito sobre o teu coração.
É tão fácil olhar, franzir o sobrolho e dizer: “Não gosto!”
É tão bom quando escutas:
Está bem! Mas, se colocares mais cor, mais sorrisos, mais oração… ficará ainda melhor!”
Darias fruto abundante e saboroso, se cuidasses da tua opinião com Amor!
A Paz edifica-se com gestos simples e quando opinas sem rancor, nem ódio!
A paz é possível “quando calças os sapatos do outro!”
E… onde há amor, nascem gestos!

Hoje, na liturgia do 3º Domingo da Quaresma, do Ano C,
Deus escuta o clamor dos Seus filhos na escravidão do Egipto.
Então, envia Moisés para os libertar, apenas com uma garantia: «Eu sou ‘Aquele que sou’».
S. Paulo usa o exemplo do Povo de Deus no deserto para advertir os Coríntios :
«… receberam todos o baptismo de Moisés. Mas a maioria deles não agradou a Deus(…).
Não murmureis, como alguns deles murmuraram…»

E Jesus no Evangelho conta mais uma bela parábola, sobre como Deus vê cada um de nós:
«Senhor, deixa-a ficar ainda este ano, que eu, entretanto, vou cavar-lhe em volta e deitar-lhe adubo.
Talvez venha a dar frutos. Se não der, mandá-la-ás cortar no próximo ano».

Somos cortantes com aqueles que partilham o nosso dia-a-dia.
A impaciência apodera-se do nosso coração e caímos facilmente naquela tentação de excluir o outro.
Um dia, um homem sábio disse: “Se as opiniões fossem boas, seriam vendidas… não seriam dadas!”
Levemos no coração esta esperança que Deus semeia em ti e em mim, todos dias!

Olhemos para os outros como o Pai olha para nós: Sempre com carinho.
Com aquela compaixão que não tem início nem fim. Com uma terna clemência!

Durante esta semana, vê cada Ser Humano como queres que Deus olhe para ti!
Sê tu o vinhateiro da figueira do Senhor e canta a tua opinião com caridade e esperança.


Bendiz, ó minha alma, o Senhor
e todo o meu ser bendiga o seu nome santo.
Bendiz, ó minha alma, o Senhor
e não esqueças nenhum dos seus benefícios.

Ele perdoa todos os teus pecados
e cura as tuas enfermidades.
Salva da morte a tua vida
e coroa-te de graça e misericórdia.

O Senhor faz justiça
e defende o direito de todos os oprimidos.
Revelou a Moisés os seus caminhos
e aos filhos de Israel os seus prodígios.

O Senhor é clemente e compassivo,
paciente e cheio de bondade.
Como a distância da terra aos céus,
assim é grande a sua misericórdia
para os que O temem.

PARTILHAR IMPRIMIR
Documentos para Download
Paróquia de Nossa Senhora da Lapa
Casa Paroquial
Morada

Rua padre Manuel Marques Silva, s/n
4490-582 Póvoa de Varzim

TEL

252624200

FAX

252620975

Cartório Paroquial

Cartório Paroquial - Horários

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.

Confissões

Confissões

Visitas aos Doentes

Visitas aos Doentes 

 

Párocos