Horário do Cartório

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.
 

Boletim Paroquial
Boletim 369 - II Domingo da Quaresma - Ano A - 08-03-2020
Crónica para o Domingo da Solenidade de Cristo Rei - Ano C - 20 de novembro de 2022

 

 

Solenidade Cristo Rei do Universo

Ano C

«Pedir…»

 

Cristo que és o meu Rei…
Hoje, não Te peço por pedir…
Peço-Te para que a Juventude Te anseie.
Peço-Te para que o espírito da Humanidade se mantenha jovem.
Peço-Te para conseguir acompanhar a evolução dos tempos, ao serviço de cada Batizado.
Peço-Te que sejas a Voz de Perdão que comanda os pés de quem sofre com a maldade humana.
Peço-Te que abram portas de par em par para Te acolher e para Te amar, infinitamente.
Peço-Te que a Esperança acenda a Fé, que vagueia na Alma.
Peço-Te que Te encontrem, urgentemente.
Peço-Te que vejam a Tua Luz!

No Domingo em que celebramos o encerramento do ano Litúrgico C,
onde nos despedimos do Evangelista da Misericórdia, das Parábolas,
peço a intercessão de S. Lucas para nos refrescar o rosto com o belo diálogo entre Jesus e Dimas.

Hoje, que cada um de nós seja Dimas…
Capaz de pedir a Jesus o Seu infinito olhar… A Sua Misericórdia!
Capaz de reconhecer no Homem Crucificado e Humilhado por todos, O Salvador da Humanidade inteira.
Aquele que é o Messias de Deus, o Eleito… Mas que vem e se faz homem, como eu e como tu.

É tempo de pedir…

Nesta oração de petição coloquemos o “Temor a Deus“ num patamar superior:
No “Ter Amor” a Deus, Pai e criador.
Assim, viveremos plenamente ao sabor do vento e da liberdade divina,
que a juventude tanto procura neste mundo de terra árida,
onde O Cristo plantou a Sua Palavra de Salvação.
Ainda hoje, poderemos colher os frutos dessa semente…
O fruto mais abundante será o Amor!

Onde há amor nascem gestos e aí habita [e habitará para todo o sempre] Deus.

Tu que és jovem [em Espírito e verdade]… Vem procurá-Lo!
Peço-te!

Arquidiocese

ANO PASTORAL
"Juntos no caminho de Páscoa"

[+info e Calendário]

 

Desejo subscrever a newsletter da Paróquia Nossa Senhora da Lapa
Liliana Dinis | Póvoa de Varzim| 27 Mar 2022
Crónica para o IV Domingo da Quaresma - Ano C - 27 de Março de 2022
Os mais novos não conseguem aceitar o que os mais velhos ensinam, porque vivem num tempo diferente. Os mais velhos não compreendem que os mais novos têm outras prioridades, outros anseios. Cada um puxa a brasa para a sua sardinha…
PARTILHAR IMPRIMIR
 

 

 

 

IV Domingo Quaresma

Ano C

«Relações …»

Os relacionamentos humanos não são fáceis.
Os mais novos não conseguem aceitar o que os mais velhos ensinam, porque vivem num tempo diferente.
Os mais velhos não compreendem que os mais novos têm outras prioridades, outros anseios.
Cada um puxa a brasa para a sua sardinha
E… Quando há dinheiro em cima da mesa, raro é aquele que não se sente injustiçado.

Hoje, o Evangelho do 4º Domingo da Quaresma, do Ano C, relaciona os nossos gestos diários.
Jesus é acusado: «Este homem acolhe os pecadores e come com eles»
Resolve a situação ao Seu jeito: conta-lhes uma bela Parábola!
A Parábola do Filho Pródigo, que também é intitulada por Parábola do Pai Misericordioso,
vem mostrar-nos o quanto é árduo ser perdoado e perdoar,
ser feliz e fazer o outro feliz, ser amado e amar.

Nas atitudes do Filho mais novo sentimos a ganância, a revolta do querer mais;
a tolice de viver longe de casa, longe dos seus familiares, longe do Pai, longe do Amor,
apenas pelo prazer de uma nova aventura. 

A atitude do Filho mais velho é um chapéu de três bicos
O Filho perfeito que tudo faz para agradar o Pai, nunca abandonou o seu lar, mas não sabe amar;
não sabe partilhar a alegria e cai no profundo abismo.
Tomado pelos ciúmes e pelo ódio afasta-se do Pai e trata-o como um mau patrão,
que não ama nem acolhe, mas que usa e abusa do poder que tem.

Os gestos do Pai, repletos da candura natural de Deus, de uma paciência sem limites, mostram a total disponibilidade para amar os seus filhos.
Abre os braços para acolher o arrependido e, vai ao encontro do que se afasta com mágoa e dor…
Não ama um mais do que outro. Ama na mesma medida e com a mesma intensidade.
Os olhos dos Filhos é que não sentem o que sente o coração do Pai.

Quantas vezes, és como o Filho Pródigo?
O eterno insatisfeito com a vida que tens.
Aquele que com dinheiro faz e desfaz, mas na verdade nada tem, nada é…
No entanto, quando a barriga manda a perna… quando o maná cessa…
quando a solidão avassala a tua vida… arrependes-te e voltas às tuas relações!

Quantas vezes, és como o Filho mais velho?
Tão certo de tudo o que fazes! Tão consciente e até cuidadoso… Tão presente e tão longe…
Mas, não sabes alegrar-te com os que se arrependem.
Não sabes abrir os braços nem acolher.

É urgente reconciliares-Te com Deus!
Voltar ao convívio com o Pai inunda a nossa vida com uma alegria sem fim.

Durante esta semana, instar com Deus é a tua prioridade!
Reza baixinho e com Amor:
          Meu Deus, porque sois tão bom,
          tenho muita pena em Vos ter ofendido.
          Ajudai-me a não tornar a pecar!

 

 

 

PARTILHAR IMPRIMIR
Documentos para Download
Paróquia de Nossa Senhora da Lapa
Casa Paroquial
Morada

Rua padre Manuel Marques Silva, s/n
4490-582 Póvoa de Varzim

TEL

252624200

FAX

252620975

Cartório Paroquial

Cartório Paroquial - Horários

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.

Confissões

Confissões

Visitas aos Doentes

Visitas aos Doentes 

 

Párocos