Horário do Cartório

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.
 

Boletim Paroquial
Boletim 369 - II Domingo da Quaresma - Ano A - 08-03-2020
Crónica para o Domingo da Solenidade de Cristo Rei - Ano C - 20 de novembro de 2022

 

 

Solenidade Cristo Rei do Universo

Ano C

«Pedir…»

 

Cristo que és o meu Rei…
Hoje, não Te peço por pedir…
Peço-Te para que a Juventude Te anseie.
Peço-Te para que o espírito da Humanidade se mantenha jovem.
Peço-Te para conseguir acompanhar a evolução dos tempos, ao serviço de cada Batizado.
Peço-Te que sejas a Voz de Perdão que comanda os pés de quem sofre com a maldade humana.
Peço-Te que abram portas de par em par para Te acolher e para Te amar, infinitamente.
Peço-Te que a Esperança acenda a Fé, que vagueia na Alma.
Peço-Te que Te encontrem, urgentemente.
Peço-Te que vejam a Tua Luz!

No Domingo em que celebramos o encerramento do ano Litúrgico C,
onde nos despedimos do Evangelista da Misericórdia, das Parábolas,
peço a intercessão de S. Lucas para nos refrescar o rosto com o belo diálogo entre Jesus e Dimas.

Hoje, que cada um de nós seja Dimas…
Capaz de pedir a Jesus o Seu infinito olhar… A Sua Misericórdia!
Capaz de reconhecer no Homem Crucificado e Humilhado por todos, O Salvador da Humanidade inteira.
Aquele que é o Messias de Deus, o Eleito… Mas que vem e se faz homem, como eu e como tu.

É tempo de pedir…

Nesta oração de petição coloquemos o “Temor a Deus“ num patamar superior:
No “Ter Amor” a Deus, Pai e criador.
Assim, viveremos plenamente ao sabor do vento e da liberdade divina,
que a juventude tanto procura neste mundo de terra árida,
onde O Cristo plantou a Sua Palavra de Salvação.
Ainda hoje, poderemos colher os frutos dessa semente…
O fruto mais abundante será o Amor!

Onde há amor nascem gestos e aí habita [e habitará para todo o sempre] Deus.

Tu que és jovem [em Espírito e verdade]… Vem procurá-Lo!
Peço-te!

Arquidiocese

ANO PASTORAL
"Juntos no caminho de Páscoa"

[+info e Calendário]

 

Desejo subscrever a newsletter da Paróquia Nossa Senhora da Lapa
Liliana Dinis | Póvoa de Varzim| 23 Abr 2022
Crónica para o II Domingo de Páscoa - Ano C - 24 de Abril de 2022
Vive a tua Fé… vive em Cristo e para Cristo. Sê Paz e oferece o Perdão!
PARTILHAR IMPRIMIR
 

 

II  Domingo da Páscoa

Ano C

«Comunidade…»

 

A Comunidade de cada um de nós tem o rosto de quem a vive plenamente.
Somos chamados a viver em Comunhão, em Fraternidade, em PAZ!
Em Comunidade, a Misericórdia não tem início nem fim; é um Dom Divino; é motivo pelo qual há alegria.
Neste tomar parte de uma Comunidade precisamos sentir que, nos dias mais quentes, não nos faltará uma sombra que nos acolhe e refresca.
O Perdão é o presente que devemos dar; mas também que devemos ambicionar receber.
A Comunidade é um constante deixar e recolher, pois a minha felicidade exite onde há Amor e… onde há Amor, nascem gestos!

Hoje, no II Domingo da Páscoa, do Ano C, que o Santo Papa S. João Paulo II, instituiu como Domingo da Misericórdia Divina, encontramos uma Comunidade de portas fechadas e com medo.
Mas, onde o Ressuscitado entra, não há desamor, não há dúvidas, nem guerra.
Jesus vai até ao coração dos seus discípulos e dá-lhes a Paz: «A paz esteja convosco».
Não se deixa intimidar pela forma como Tomé vive a Fé, nem o condena!
Permite que o toque lhe dissipe as trevas e indica-lhe o caminho para ser feliz:
«Põe aqui o teu dedo e vê as minhas mãos;
aproxima a tua mão e mete-a no meu lado; e não sejas incrédulo, mas crente».

Tomé, que apenas nesse momento fica cheio do Espírito Santo, dá-nos a maior profissão de Fé que temos:
«Meu Senhor e meu Deus!».

Neste exato momento, viver a Fé dos Discípulos de Jesus é cumprir as Palavras do Mestre:
«…felizes os que acreditam sem terem visto».
O Ressuscitado fala para mim e para ti, que cremos que ELE está vivo.
Não tenhas medo de ter Cristo como «… o Primeiro e o Último, o que vive.
Aquele que esteve morto, mas está vivo pelos séculos dos séculos e tem as chaves da morte e da morada dos mortos.»

Eu e tu somos Baptizados.
Somos Família que tem a Misericórdia Divina como regaço terno e eterno.
Não te percas com pontos menos bons, nem com dores que devem ser esquecidas.
Ultrapassa os obstáculos com silêncios profundos e oração!
Emite luz para quem partilha contigo as suas desavenças mal amadas!
Sorri para quem está amargurado pelas suas próprias desilusões, pela maldade que os habita e os controla.
Viver em comunidade é um árduo percurso, mas se o fizermos com a Fé de quem ama o Ressucitado, faremos parte desta grande Comunidade de Filhos de Deus e seremos Felizes!

Vive a tua Fé… vive em Cristo e para Cristo.
Sê Paz e oferece o Perdão!

Lembra-te: Eu, contigo e com Cristo somos Comunidade!

 

PARTILHAR IMPRIMIR
Documentos para Download
Paróquia de Nossa Senhora da Lapa
Casa Paroquial
Morada

Rua padre Manuel Marques Silva, s/n
4490-582 Póvoa de Varzim

TEL

252624200

FAX

252620975

Cartório Paroquial

Cartório Paroquial - Horários

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.

Confissões

Confissões

Visitas aos Doentes

Visitas aos Doentes 

 

Párocos