Horário do Cartório

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.
 

Boletim Paroquial
Boletim 369 - II Domingo da Quaresma - Ano A - 08-03-2020
Crónica para o Domingo da Solenidade de Cristo Rei - Ano C - 20 de novembro de 2022

 

 

Solenidade Cristo Rei do Universo

Ano C

«Pedir…»

 

Cristo que és o meu Rei…
Hoje, não Te peço por pedir…
Peço-Te para que a Juventude Te anseie.
Peço-Te para que o espírito da Humanidade se mantenha jovem.
Peço-Te para conseguir acompanhar a evolução dos tempos, ao serviço de cada Batizado.
Peço-Te que sejas a Voz de Perdão que comanda os pés de quem sofre com a maldade humana.
Peço-Te que abram portas de par em par para Te acolher e para Te amar, infinitamente.
Peço-Te que a Esperança acenda a Fé, que vagueia na Alma.
Peço-Te que Te encontrem, urgentemente.
Peço-Te que vejam a Tua Luz!

No Domingo em que celebramos o encerramento do ano Litúrgico C,
onde nos despedimos do Evangelista da Misericórdia, das Parábolas,
peço a intercessão de S. Lucas para nos refrescar o rosto com o belo diálogo entre Jesus e Dimas.

Hoje, que cada um de nós seja Dimas…
Capaz de pedir a Jesus o Seu infinito olhar… A Sua Misericórdia!
Capaz de reconhecer no Homem Crucificado e Humilhado por todos, O Salvador da Humanidade inteira.
Aquele que é o Messias de Deus, o Eleito… Mas que vem e se faz homem, como eu e como tu.

É tempo de pedir…

Nesta oração de petição coloquemos o “Temor a Deus“ num patamar superior:
No “Ter Amor” a Deus, Pai e criador.
Assim, viveremos plenamente ao sabor do vento e da liberdade divina,
que a juventude tanto procura neste mundo de terra árida,
onde O Cristo plantou a Sua Palavra de Salvação.
Ainda hoje, poderemos colher os frutos dessa semente…
O fruto mais abundante será o Amor!

Onde há amor nascem gestos e aí habita [e habitará para todo o sempre] Deus.

Tu que és jovem [em Espírito e verdade]… Vem procurá-Lo!
Peço-te!

Arquidiocese

ANO PASTORAL
"Juntos no caminho de Páscoa"

[+info e Calendário]

 

Desejo subscrever a newsletter da Paróquia Nossa Senhora da Lapa
Liliana Dinis | Póvoa de Varzim| 11 Jun 2022
Crónica para a Solenidade da Santíssima Trindade - Ano C - 12 de Junho de 2022
Três Pessoas distintas que nos amam e nos fazem amar só por amar… Um Só Deus verdadeiro, que desceu dos Céus, e está vivo no meio de nós.
PARTILHAR IMPRIMIR
 

 

 

 

SOLENIDADE DA TRINDADE

Ano C

 

«Distintos…»

O desejo de alguns de nós é: ser igual a um ídolo; ter o que alguns famosos têm; fazer o que os VIP’s fazem…
Seguir alguém nas redes sociais é sinónimo destes sonhos.
As criaturas de Deus, os Filhos do Deus Pai, os Cristãos, os Baptizados, são irrepetíveis!
Não há seres humanos iguais.
Nem os gémeos são iguais… Podemos até, à primeira vista, não encontrar diferença alguma,
mas se contarmos os fios de cabelo, um terá mais do que o outro…
Deus criou-nos únicos e ama cada um de nós com a mesma intensidade, por esse mesmo motivo:
por seremos distintos uns dos outros.

Antes de criar qualquer criatura o Espírito de Deus já pairava pelas águas, para que tudo fosse perfeito para acolher a obra prima do Senhor da Vida: EU e TU!
A Fé, que no peito de cada criatura habita, desperta em nós a constância de vivermos ao sabor do vento.
E a verdade da Palavra Divina, que O Cristo nos veio dar, alimenta-nos a Alma com Esperança e Caridade.

Hoje, é dia de celebramos a Solenidade da Santíssima Trindade.
A liturgia revela-nos maravilhas.
Oferece-nos a forma singular e intensa com que O nosso único Deus ama cada um de nós.
O Mestre promete-nos: «Quando vier o Espírito da verdade, Ele vos guiará para a verdade plena.»
E o Santo Espírito anuncia a Glória de Jesus ao revelar-nos: «Tudo o que o Pai tem é meu.»

Ainda não há uma explicação lógica, nem científica para o Mistério da Santíssima Trindade.
Se olharmos ao microscópio, ficaremos cada vez mais afastados do entendimento.
Se acatarmos a lei do mundo, ficaremos perdidos e sem rumo.
Se compararmos o Nosso Deus a uma força da natureza, ficaremos apenas pelo lado físico.

Fecha os olhos… respira fundo… aperta a mão de quem está ao teu lado…
Silencia os teus medos… alimenta a ânsia de escutar a voz de Deus…
Caminha ao encontro de quem vive nas trevas… termina com a maldade… defende a Justiça de Deus!
A Paz irá explodir no teu peito e da Fé brotará a Misericórdia Divina… o Perdão…
Onde há o verdadeiro Amor, nascem gestos!

A essência do Nosso Deus Uno e Trino vive em ti e em mim.
O que há a rebater, quando é para obedecer?
“Meu Deus, meu Senhor e meu Pai, eu aceito cumprir a Tua Vontade!”
O que há a dizer, quando é para escutar?
“Meu Deus, meu Jesus, que estás vivo, eu quero seguir-Te!”
O que há para entender, quando é para sentir?
“Meu Deus, meu Espírito Santo que me habita, eu quero ser Teu instrumento!”

Três Pessoas distintas que nos amam e nos fazem amar só por amar…
Um Só Deus verdadeiro, que desceu dos Céus, e está vivo no meio de nós.

Esta é nossa Fé! Esta é a Fé da Igreja! Somos distintos… Deus ama-nos!

PARTILHAR IMPRIMIR
Documentos para Download
Paróquia de Nossa Senhora da Lapa
Casa Paroquial
Morada

Rua padre Manuel Marques Silva, s/n
4490-582 Póvoa de Varzim

TEL

252624200

FAX

252620975

Cartório Paroquial

Cartório Paroquial - Horários

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.

Confissões

Confissões

Visitas aos Doentes

Visitas aos Doentes 

 

Párocos