Horário do Cartório

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.
 

Boletim Paroquial
Boletim 369 - II Domingo da Quaresma - Ano A - 08-03-2020
Crónica para o Domingo da Solenidade de Cristo Rei - Ano C - 20 de novembro de 2022

 

 

Solenidade Cristo Rei do Universo

Ano C

«Pedir…»

 

Cristo que és o meu Rei…
Hoje, não Te peço por pedir…
Peço-Te para que a Juventude Te anseie.
Peço-Te para que o espírito da Humanidade se mantenha jovem.
Peço-Te para conseguir acompanhar a evolução dos tempos, ao serviço de cada Batizado.
Peço-Te que sejas a Voz de Perdão que comanda os pés de quem sofre com a maldade humana.
Peço-Te que abram portas de par em par para Te acolher e para Te amar, infinitamente.
Peço-Te que a Esperança acenda a Fé, que vagueia na Alma.
Peço-Te que Te encontrem, urgentemente.
Peço-Te que vejam a Tua Luz!

No Domingo em que celebramos o encerramento do ano Litúrgico C,
onde nos despedimos do Evangelista da Misericórdia, das Parábolas,
peço a intercessão de S. Lucas para nos refrescar o rosto com o belo diálogo entre Jesus e Dimas.

Hoje, que cada um de nós seja Dimas…
Capaz de pedir a Jesus o Seu infinito olhar… A Sua Misericórdia!
Capaz de reconhecer no Homem Crucificado e Humilhado por todos, O Salvador da Humanidade inteira.
Aquele que é o Messias de Deus, o Eleito… Mas que vem e se faz homem, como eu e como tu.

É tempo de pedir…

Nesta oração de petição coloquemos o “Temor a Deus“ num patamar superior:
No “Ter Amor” a Deus, Pai e criador.
Assim, viveremos plenamente ao sabor do vento e da liberdade divina,
que a juventude tanto procura neste mundo de terra árida,
onde O Cristo plantou a Sua Palavra de Salvação.
Ainda hoje, poderemos colher os frutos dessa semente…
O fruto mais abundante será o Amor!

Onde há amor nascem gestos e aí habita [e habitará para todo o sempre] Deus.

Tu que és jovem [em Espírito e verdade]… Vem procurá-Lo!
Peço-te!

Arquidiocese

ANO PASTORAL
"Juntos no caminho de Páscoa"

[+info e Calendário]

 

Desejo subscrever a newsletter da Paróquia Nossa Senhora da Lapa
Fundação AIS | 10 Fev 2016
Fundação AIS desafia portugueses
Um dia de jejum e oração pelos cristãos perseguidos no Médio Oriente
PARTILHAR IMPRIMIR
 

Um dia de jejum e oração pelos cristãos perseguidos no Médio Oriente, em especial no Iraque e na Síria, é a resposta da Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), organismo dependente da Santa Sé, aos apelos dos Patriarcas D. Sako e D. Gregorios para os respetivos países mergulhados no caos, na guerra e no sofrimento.

Num comunicado enviado ao EDUCRIS esta organização Católica lembra as recentes cartas recebidas de D. Louis Raphael Sako, Patriarca dos Católicos Caldeus e Presidente da Conferência Episcopal do Iraque, e D. Gregorios III Laham, Patriarca da Igreja Católica Greco-Melequita de Antioquia e de todo o Oriente, Alexandria e Jerusalém, que dão conta "da situação angustiante em que se encontram milhares de cristãos expulsos de suas casas, empurrados para campos de refugiados, sem qualquer expetativa de poderem regressar às suas casas, e já sem esperança de que a guerra tenha um fim".

Perante estas cartas a AIS considera que a Quaresma se constitui como um tempo propício de fazer "chegar às comunidades cristãs locais" este "grito dos irmãos do próximo oriente" e pede "orações e jejum para que a paz possa chegar às suas pátrias".

Assim na próxima quarta-feira de cinzas a AIS convoca os cristãos a juntarem-se à iniciativa "Dia Mundial de Oração e Jejum pela Paz na Síria e no Iraque" lançando um desafio sob a forma de pergunta: "Quer levar a cruz com eles durante um dia? Rezemos e jejuemos na Quarta-Feira de Cinzas pelo Iraque e pela Síria".

Nas cartas que escreveram à AIS, ambos os Patriarcas sublinham o desespero em que se encontram as comunidades cristãs nos seus países. “Há cinco anos que continuamos a andar num deserto" – escreve, desde a Síria, D. Gregorio III. "Assistimos aos atrozes sofrimentos das crianças, à agonia de seus pais e estamos constantemente rodeados pelo ódio e pela morte."

Por sua vez, D. Louis Sako sublinha o facto de só restarem no seu país, o Iraque, os mais pobres dos pobres. “Quem podia deixar o Iraque já o fez. Milhares de crianças nos campos de refugiados passam fome, mas têm sobretudo sede de futuro: querem uma escola e uma casa. Vocês fizeram tanto por nós, agora vos peço: rezem e jejuem para que possamos permanecer na nossa amada pátria e para quem já a deixou possa retornar.”

Em Portugal, todas as paróquias, movimentos e comunidades religiosas são convidados a participar e a divulgar esta iniciativa da Fundação AIS.

Em Lisboa, irá rezar-se o Terço na Igreja da Encarnação (metro Baixa-Chiado) pelas 18h30, a que se seguirá a celebração da Santa Missa.

Nas redes sociais será usada as hashtag #fastandpray on #AshWednesday for Iraq and Syria.

 

PARTILHAR IMPRIMIR
Paróquia de Nossa Senhora da Lapa
Casa Paroquial
Morada

Rua padre Manuel Marques Silva, s/n
4490-582 Póvoa de Varzim

TEL

252624200

FAX

252620975

Cartório Paroquial

Cartório Paroquial - Horários

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.

Confissões

Confissões

Visitas aos Doentes

Visitas aos Doentes 

 

Párocos