Boletim Paroquial
XXIV DOMINGO DO TEMPO COMUM
Arquidiocese

ANO PASTORAL
"Onde há amor, aí habita Deus"

[+info e Calendário]

 

Desejo subscrever a newsletter da Paróquia Padim da Graça
Cartório Paroquial | 5 Jun 2023
SANTÍSSIMA TRINDADE
Santísssima Trindade_ano A_Boletim de Padim da Graça nº 453_2023-06-04 e Lectio Divina
PARTILHAR IMPRIMIR
 

SANTÍSSIMA TRINDADE, ANO A

A solenidade da Santíssima Trindade aviva em nós a essência do nosso Deus. Algo tão profundo, ao mesmo tempo, tão singelo, que podemos resumir com a palavra Amor: Pai, Filho e Espírito Santo igual a Amor.

EM NOME DO PAI, E DO FILHO, E DO ESPÍRITO SANTO

O amor é, sem dúvida, o conceito mais aproximado para falarmos sobre a Santíssima Trindade. Sobre isso, diz Santo Agostinho: «O amor é pertença de alguém que ama, e com o amor ama-se alguma coisa. São, como se vê, três coisas: aquele que ama, aquilo que é amado e o amor». Estão sempre ativos estes três dinamismos: aquele que ama, aquele que é amado, e o próprio amor. «Não há amor se não houver um eu que ame. Não há amor se não houver um outro que é ama­do. Não há amor sem amor, isto é, sem esse laço que une de maneira sublime o mesmo e o outro, o eu e o tu» (Alexandre Palma). É assim entre nós. Podemos dizer que é também assim que acontecem as relações na comunhão trinitária de Deus.

A experiência cristã é um ato de amor. Deus ama cada um de modo incondicional, criou-nos para amar. O ponto de partida visível começa no Batismo: «Eu te batizo em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito San­to». É como uma carícia amorosa. Mergulhados no amor, somos consa­grados como filhas e filhos amados. Como se a própria vida divina tives­se começado a correr nas nossas veias! Imersos na vida de Deus.

Começamos a ser cristãos, quando nos encontramos com a pessoa de Jesus Cristo, que nos revela o Pai e nos promete o Espírito. Encontro que só se consolida numa relação de amizade. Com o passar do tempo, pela participação na catequese e nas celebrações eucarísticas, vamos tomando consciência dessa rela­ção amorosa. Discípulos, a pouco e pouco, vamo-nos apercebendo da presença divina como uma expe­riência de amor. Também a pouco e pouco, começamos a dar as nossas primeiras respostas pessoais, a expressar o nosso amor a Deus, que é Pai, Filho e Espírito Santo.

Acreditar na Trindade significa confiar-se a um Deus que ama, que atravessa o nosso coração com a plenitude do seu amor. Não significa repetir conceitos ou saber defini­ções doutrinais. Acreditar é entrar na experiência do amor divino, é deixar-se amar por Deus.

 

PARTILHAR IMPRIMIR
Paróquia de Padim da Graça
Casa Paroquial
Morada

Rua da Igreja, 28
4700-670 Padim da Graça

Cartório Paroquial

O atendimento em cartório paroquial deverá ser agendado previamente com o Pároco, através de email ou telefone.

Eucaristias

Semana

4ª feira - 19h [Igreja Paroquial]

6ª feira - 19h [Igreja Paroquial]

-------------

Sábado

20h [Igreja Paroquial]

Domingo

09h [Igreja Paroquial]

Confissões

Sempre que desejar, não hesite contactar o pároco.

Visitas aos Doentes

Sempre que desejar, não hesite contactar o pároco.

Párocos