Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter de Revista de Imprensa Internacional
DACS | 11 Mai 2021
Bispos canadianos lançam plataforma online para denunciar abusos clericais
Um novo sistema nacional no Canadá permite que as pessoas denunciem abusos ou encobrimentos por parte de um bispo.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © DR

Os Bispos católicos no Canadá criaram um sistema online nacional para denunciar abusos sexuais clericais, mesmo aqueles encobertos por um bispo.

A Conferência Canadiana de Bispos Católicos (CCCB) disse que o objectivo da nova iniciativa é garantir "transparência em questões abuso sexual por parte do clero e o compromisso (da Igreja) para facilitar a cura e a justiça das vítimas-sobreviventes".

O sistema online, disponível em inglês e francês, pode ser usado para relatar "situações de abuso sexual cometidas ou encobertas por um bispo", afirmou a CCCB numa declaração a 6 de Maio.

As alegações de abuso agora são tratadas a nível diocesano, mas o novo sistema permitirá que sejam revistas fora da diocese.

Este novo passo anti-abuso é uma resposta directa ao Motu Proprio de 2019 do Papa Francisco Vos estis lux mundi. O papa publicou o texto após um encontro episcopal global sobre a protecção infantil, que se seguiu ao escândalo sexual que envolveu o cardeal americano Theodore McCarrick.

“Tem sempre o direito de entrar em contacto com a polícia local e/ou os serviços de protecção à criança, e é legalmente obrigado a fazê-lo se um menor estiver em perigo de acordo com as leis de cada província e território canadiano”, observa a CCCB na secção "Denúncias e recursos para vítimas” do site.

Os Arcebispos metropolitanos e os seus assistentes irão lidar com as queixas com base nos critérios declarados em Vos estis, disse um porta-voz da CCCB a uma publicação católica a 8 de Maio.

Num caso em que um metropolita seja acusado, um bispo sufragâneo sénior daquela província eclesiástica fica responsável pelo caso. Os três Eparcas das Igrejas Orientais no Canadá também aparecem listados no sistema.

Mas nem todos estão felizes com a nova plataforma. A Rede de Sobreviventes de Abusados ​​por Padres (SNAP) disse que os crimes de abuso devem ser denunciados à polícia, a amigos de confiança e a terapeutas antes de serem denunciados à Igreja.

"Ao criar mais um aparato que mantém as alegações internas, os oficiais da Igreja não estão a dissipar a noção de que aquilo com que mais se preocupam é a gestão das suas reputações e finanças”, afirmou o SNAP em comunicado.

Vos estis é considerado um grande passo no que diz respeito ao abuso e encobrimento clerical.

O Papa Francis lançou outro Motu Proprio em 2016, intitulado “Como uma mãe amorosa”. O seu objectivo era lidar com bispos acusados ​​de negligência no tratamento de queixas de abusos.

 

Notícia publicada no La Croix International a 10 de Maio de 2021.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
abuso  •  clero  •  bispos  •  Canadá  •  Conferência Episcopal  •  Denúncia  •  Online  •  encobrimento  •  Papa Francisco
Revista de Imprensa Internacional
Contactos
Morada

Rua de S. Domingos, 94 B 4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui