Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter de Revista de Imprensa Internacional
DACS | 29 Jul 2022
Diocese filipina pede ajuda após terremoto de magnitude 7
A Arquidiocese de Tuguegarao, no nordeste de Luzon, disse que igrejas e locais históricos ficaram danificados com fendas, mas também precisam de ajuda para reparar a infraestrutura e equipamentos hospitalares.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Lisa Marie David/Reuters via CN

Uma diocese no norte das Filipinas pediu ajuda a 27 de Julho após um terramoto de magnitude 7 que matou pelo menos quatro pessoas e feriu dezenas.

A Arquidiocese de Tuguegarao, no nordeste de Luzon, disse que igrejas e locais históricos ficaram danificados com fendas, mas também precisam de ajuda para reparar a infraestrutura e equipamentos hospitalares.

Os pacientes foram evacuados de um hospital local durante o terramoto devido ao medo que o prédio desabasse.

“Ordenámos a evacuação porque achámos que o nosso telhado iria cair. As enfermeiras tinham ordens para retirar o máximo de pacientes que pudessem. Mas tivemos dificuldade com aqueles que estavam acamados com equipamentos médicos. Espero que isto não aconteça novamente”, disse um médico que preferiu permanecer anónimo.

A Arquidiocese disse que as suas igrejas não são apenas locais de culto, mas simbolizam a história e a tradição do seu povo.

“São um testemunho da nossa fé e cultura. Embora danificados por calamidades naturais como este recente terramoto, vamos reconstruí-las, assim como reconstruímos as nossas vidas após catástrofes, no amor e na fé em Cristo”, acrescentou a Arquidiocese.

Imploraram a Deus para dar aos paroquianos a força da mente e do espírito para superar o trauma e os danos que o terramoto trouxe.

O terramoto resultou em deslizamentos de terra e interrupções de energia em mais de 10 cidades e quase 300 vilas da região. Deslizamentos de terra também foram registados na cidade de Baguio, onde as estradas principais ficaram intransitáveis.

O padre Ranhilio Aquino, um padre arquidiocesano, descreveu o terramoto como “muito forte e prolongado”.

Os paroquianos da região que perderam as suas casas também imploraram por ajuda.

A vendedora de frutas Clara Jimenez disse ao UCA News que um poste de electricidade caiu na sua casa.

“Tivemos sorte de ninguém estar lá dentro porque eu e o meu marido estávamos a trabalhar. Estávamos no mercado a vender os nossos produtos”.

Jimenez disse pediram dinheiro emprestado a agiotas para construirem a sua casa e agora seriam forçados a pedir dinheiro emprestado novamente.

“Estou a pedir ajuda porque pagámos juros muito altos quando construímos aquela casa. Talvez alguém seja generoso e nos empreste uma quantia com juros razoáveis. Estamos bem com isso”, disse Jimenez.

Artigo de Catholic News Service, publicado no Crux a 28 de Julho de 2022.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Revista de Imprensa Internacional
Contactos
Morada

Rua de S. Domingos, 94 B 4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui