Arquidiocese

ANO PASTORAL
"Juntos no caminho de Páscoa"

[+info e Calendário]

 

Desejo subscrever a newsletter de Revista de Imprensa Internacional
Vatican News - Lurdinha Nunes e Simone Trope- Jerusalém | 30 Out 2023
Em Jerusalém a Via-Sacra pela paz
Em unidade com o Papa Francisco neste dia 27 de outubro os franciscanos com Frei Francesco Patton, Custódio da Terra Santa, o Patriarca Latino de Jerusalém, Cardeal Pierbattista Pizzaballa, o delegado apostólico para Jerusalém, Dom Adolfo Tito Yllana, o Vigário Patriarcal Dom William Shomali, Frei Ibrahim Faltas, Vigário Custodial, juntamente com as comunidades religiosas de Jerusalém rezaram a Via-Sacra pela paz.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © © PGPO\CTS

Rezar a Via-Sacra em Jerusalém é uma experiência que nos faz entrar no mistério de Cristo. Esta prática remonta à Idade Média e está ligada ao ressurgimento das peregrinações aos lugares santos, desde a época em que os franciscanos aqui se estabeleceram definitivamente, em 1233.                       

Peregrinos de todo o mundo percorrem a Via Dolorosa desde o local onde, segundo a tradição, Jesus foi condenado à morte, até ao Calvário, situado na Igreja do Santo Sepulcro.

Neste dia 27 de outubro a Via Sacra foi em comunhão com o Papa Francisco e toda Igreja para implorar de Deus o dom da paz . A oração foi aberta com a reflexão de Frei Francesco Patton, Custódio da Terra Santa :

Façamos nossa a intenção de oração proposta pelo Papa Francisco para este dia aos fiéis de todas as religiões: “Silenciem as armas! Que se ouça o grito de paz dos povos, das pessoas, das crianças! Irmãos e irmãs, a guerra não resolve nenhum problema, apenas semeia a morte e a destruição, aumenta o ódio e multiplica a vingança. A guerra extermina o futuro.

Fr. Francesco Patton- Custódio da Terra Santa

Para estabelecer um diálogo é preciso que haja disponibilidade das várias partes que devem dialogar! São Francisco com a sua capacidade de quebrar os moldes, num momento em que o conflito era muito forte, soube quebrar as barreiras e soube enfrentar aquele que era considerado o inimigo e desta forma estabelecer um diálogo. Acredito que hoje, sob o aspecto emocional das graves perdas sofridas por um lado e por outro, as condições para mediação estejam comprometidas. Certamente a oração também se torna uma forma de criar um clima mais apropriado e adequado, e se Deus ouviu seu filho na cruz acredito que ele ouvirá seus filhos hoje.

Aqueles que têm uma perspectiva puramente humana – acrescentou o Custódio – acreditam que o poder reside na força dos exércitos e das armas. Sabemos que o verdadeiro poder reside na oração, porque a oração pode alcançar e comover o coração de Deus;

Dom Adolfo Tito Yllana- Delegado Apostólico para Jerusalém

Os cristãos do mundo inteiro estão orando, católicos ou não, porque através da oração chegamos ao centro da nossa esperança e a via Sacra nos leva à vida nova e a ressurreição que é a nossa esperança. Por isso acredito que é isso que nos resta neste momento e é também o mais importante: oração. Porque a oração eleva a nossa alma, nos coloca nas mãos de Deus que nunca nos abandona, nunca abandona seus filhos.

Dom William Shomali- Vigário Patriarcal

Nesta situação de guerra, acreditamos que só a oração pode mudar o rumo dos corações dos líderes deste mundo e da Terra Santa em direção ao caminho da paz.

Rezamos hoje num dia de jejum em resposta ao convite do Santo Padre.

A oração de hoje está centrada na Via-Sacra, mas o tema da paz foi recorrente e repetido desde o início com uma citação da carta do Papa convidando à oração pela paz e terminando com a oração de São João Paulo II pela paz.A paz foi o tema central desta oração. Acreditamos que a oração com fé pode mover montanhas!

Hoje rezamos para mover as montanhas do ódio e do ressentimento nesta terra e no mundo.

Artigo publicado por Vatican News em 28 de outubro de 2023

PARTILHAR IMPRIMIR
Revista de Imprensa Internacional
Contactos
Morada

Rua de S. Domingos, 94 B 4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui