Informações


Arquidiocese

Uma Igreja Sinodal e Samaritana

Programa Pastoral 2020/2023

[+info]

Desejo subscrever a newsletter de Departamento Arquidiocesano para as Missões
CMAB | Braga| 12 Mai 2016
Cristo Ressuscitado está no meio de nós!
Pe. Gutemberg Pereira, Diocese de Pemba - Moçambique
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Pe. Gutemberg Pereira | Pemba, Moçambique

Anunciar Jesus Cristo Ressuscitado na paróquia que me foi confiada, São Francisco Xavier de Balama, é ter cada vez mais a convicção da fé que professamos no Cristo que vive no meio de um povo de olhar encantador e um sorriso que ultrapassa as suas grandes dificuldades.

Estamos vivendo VI semana do Tempo Pascal. Páscoa é sinónimo de passagem: passagem da morte para a vida; passagem do pecado para a graça; passagem da dor e do sofrimento para o regozijo de uma vida nova. Páscoa é sinónimo de vida nova, de novas decisões e de novos acontecimentos. Não adianta olhar para a Páscoa só a partir da nossa vida, ela acontece na vida de cada um de nós quando olhamos para Cristo vivo e ressuscitado, presente no meio do nosso povo.

Recentemente, tivemos uma experiência do Cristo Ressuscitado na vinda de 28 refugiados que vinham do Congo, país em guerra, onde muitos procuram diversas formas de escaparem da morte provocada pela ação do homem. Dentre esse número citado acima, haviam 9 crianças e 7 jovens. Ao chegarmos no Comando da Policia Militar do Distrito de Palma, vimos os carros à espera para repatriar as pessoas, isto é, devolvê-los ao lugar de origem. O nosso coração ficou meio apertado, pois há um mês o povo estava lá e em apenas menos de uma hora estavam prontos para serem esquecidos.

O Espírito Santo nos iluminou e logo de seguida ligamos para nosso querido Bispo, Dom Luiz Fernando Lisboa. Em pouco tempo, o Bom Pastor iluminado pelo Espírito de Deus pôde articular de forma eficaz e conseguiu fazer com que povo de Deus recebesse os devidos e merecidos cuidados. Os nossos irmãos foram conduzidos ao centro de refugiados de Nampula e estão protegidos de mais uma ação violenta que a guerra deixa.

Meus irmãos da Arquidiocese de Braga: nós não podemos viver como se Cristo estivesse morto, temos que viver crendo na vida nova que brotou daquele túmulo vazio e que permanecerá vazio para sempre, porque o Senhor está vivo. Que o Cristo, que sai glorioso do túmulo, traga a vida nova para nosso povo moçambicano, e principalmente para famílias dos refugiados que procuram um lugar para viver com seus filhos longe da Guerra.

Portanto meus irmãos, Cristo ressuscitado é Aquele que nos levanta da poeira, do abismo e da morte que se instala no meio de nós; Ele é o Senhor da vida. E é a vida nova em Cristo que nós queremos proclamar do mais alto de nossas casas, de nossos edifícios e onde quer que nós estejamos. Que a vossa casa seja abençoada pelo Cristo vivo e ressuscitado! E que no vosso coração ressurjam os bons sentimentos, as boas disposições, um ânimo novo, uma coragem nova, uma disposição nova e uma fé sempre viva e vibrante de que Jesus está vivo e ressuscitado.

Artigo publicado no Suplemento Igreja Viva de 12 de maio 2016.

PARTILHAR IMPRIMIR
Departamento Arquidiocesano para as Missões
Contactos
Morada

Rua de São Domingos, 94b
4710-435 Braga

Coordenador

Sara Poças

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui