Informações

Peregrinação Nacional - Encerramento Outubro Missionário

Fátima - 20 Outubro 2019

Arquidiocese

Nova Ágora 2020
Informações e inscrições

[+info]

Desejo subscrever a newsletter de Departamento para as Missões
CMAB | Arquidiocese de Braga| 17 Mai 2018
Maria e a renovação da Missão da Igreja
Pe. Manuel Faria, pelo Centro Missionário Arquidiocesano de Braga (CMAB)
PARTILHAR IMPRIMIR
 

Maria, que invocamos como Rainha das Missões, é hoje a Estrela da nova evangelização. Ela gera em nós, no início do terceiro milénio, gestos proféticos e fraternos, que nos colocam em sintonia com o coração de Deus. Maria é a mãe que acompanha a vida missionária de todos os filhos de Deus, continuando na história a proteger e amparar os passos do “Corpo místico de Cristo”, tal como cuidou de seu Filho, Jesus.

Na nossa vida cristã conhecemos Maria como aliada de Cristo na Redenção, pois estava presente na missão de Jesus, quando nasceu a Igreja missionária cheia do espírito Santo, e também hoje, pois, onde vai um missionário, Maria acompanha e precede a sua missão. Medianeira das Graças, Advogada do povo de Deus, canal de Misericórdia para o mundo, Maria está presente como mãe que colabora para a fecundidade da missão de seu filho Jesus.

A mãe e rainha das missões, é invocada nas comunidades paroquiais que me estão confiadas, como Senhora do Ó, Senhora dos Remédios e Senhora do Rosário, onde dizem os estatutos seculares da confraria que “não pense que ama a Deus, quem não ama a Mãe de Deus: antes uma das principais provas, de que o amamos a Ele, há-de ser o afeto, com que a servimos e amamos a Ela”. (Preliminares do estatutos da Irmandade de Nª. Sª do Rosário, de Stº. Tirso de Prazins, ano de 1746).

Na verdade, é caminhando com a Mãe de Deus, que vejo as famílias cristãs reunidas em tríduos de pregações, procissões de velas e majestosas tradições marianas, trazendo os corações cheios de esperança, daquela esperança que é fruto de nossa fé em Nosso Senhor Jesus Cristo.

Maria, a Rainha dos Apóstolos, acompanha em terras do Minho o Povo de Deus e inspira a imitá-la na oração, na escuta da Palavra de Deus e na missão de continuar a gerar novos filhos de Deus.

Acredito verdadeiramente que Maria está presente em todo o apostolado da Igreja, pois como Esposa do Espírito Santo, só com a sua presença se tornam fecundas todas as missões apostólicas do povo de Deus e dos seus pastores.

Cada paróquia, que vejo no mês de Maio, acolhendo Maria como mãe bendita de todos os batizados, cresce na sua piedade e fortalece a sua fé, pois, estimulada pela santidade de Maria, pelo seu amor a Deus e serviço à humanidade, coloca-se à disposição de Deus para fazer a sua vontade, persevera nas dificuldades e cresce na fidelidade aos ensinamentos do Senhor.

D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, afirmou que “tal como cada batizado tem um carisma próprio para o serviço da comunidade”, assim também na sua diocese descobriu um carisma mariano, para maior bem de toda a Igreja, no “cuidar do dom das Aparições de Nossa Senhora e da sua mensagem específica, vivendo-o e difundindo-o para o fortalecimento da fé, para a renovação da Igreja e a paz no mundo. (Fátima, Carta Pastoral no Centenário das Aparições).

De facto, na “escola desta Mãe, todos os filhos e filhas da Igreja aprendem o espírito missionário que deve animar sua vida cristã e o zelo apostólico”. (Mensagem do Papa, Dia Mundial das Missões, 1988, n.3).

Maria Santíssima, Auxílio dos Cristãos, bendita seja pelo auxílio missionário que oferece sempre à Igreja. Temos muita esperança no dom mariano, pois “Maria pode ser também hoje um modelo para uma renovação da vida da Igreja e ajudar a realizá-la”. (Fátima, Carta Pastoral no Centenário das Aparições). Com sua segura proteção, o povo cristão trava a luta da fé com valentia e atrevimento no mundo de hoje, permanecendo firme nas tempestades do mundo, até fazer chegar o reino de Deus. Por Maria, chegamos a Jesus!

Naturalmente, tendo em vista uma renovação da vida cristã e missionária da Igreja, Maria é hoje lugar charneira, a primeira missionária da nova evangelização, que precisa acompanhar os novos missionários de Jesus.

Artigo publicado no Suplemento Igreja Viva de 17 de maio de 2018.

PARTILHAR IMPRIMIR
Documentos para Download
Departamento para as Missões
Contactos
Coordenador

Sara Poças

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui