Informações

Peregrinação Nacional - Encerramento Outubro Missionário

Fátima - 20 Outubro 2019

Arquidiocese

Nova Ágora 2020
Informações e inscrições

[+info]

Desejo subscrever a newsletter de Departamento para as Missões
CMAB | Braga| 4 Out 2018
A Família como lugar da Missão
Susana Magalhães e Rui Vieira, Equipa Missionária Salama!
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Ecclesia | Braga

Começamos com as palavras do Papa Francisco, quando assegurou que a grande missão da família é “dar lugar a Jesus que vem, acolher Jesus na família, na pessoa dos filhos, do marido, da esposa, dos avós… Jesus está ali. Acolhê-Lo ali, para que cresça espiritualmente naquela família”.

Assim, a tarefa principal da família Cristã é a de viver em comunhão, num constante empenho por fazer crescer o amor.

Além disso, a família está ao serviço da vida. É necessário recebermos o dom do Espírito para esse fim, porque sem Ele somos estéreis. Com Ele tornamo-nos fecundos e revelamos ao mundo a comunhão do amor, baseada no respeito pela vida e pela dignidade humana, que nos é doado pelo facto de termos sido criados à imagem de Deus. O casal Cristão, portanto, coopera na missão divina de dar e de proteger a vida.

Depois, a família tem uma ligação direta com a sociedade, pois os cidadãos saem, com efeito, da família e nela encontram a primeira escola daquelas virtudes humanas e sociais que irão definir o seu contributo para o desenvolvimento da mesma sociedade. A família Cristã, portanto, colabora de um modo muito profundo na construção do mundo, transmitindo aqueles valores e virtudes que lhe são tão próprios.

E ainda, como igreja doméstica, a família Cristã participa profundamente na vida e na missão da Igreja. Como uma comunidade crente e evangelizadora, a família deverá permanecer em religiosa escuta da Palavra de Deus e, ao mesmo tempo, proclamá-la com firme confiança, através dos acontecimentos diários e dos problemas, dificuldades e alegrias que eles contêm.

Portanto, a missão da família cristã no mundo, não é separável da missão da Igreja na sociedade.

E como pequena Igreja podemos finalmente dar consequência ao pedido que nos é feito pelo Santo Padre, de partir para as periferias, nomeadamente, nos locais de trabalho, escola, espaços de lazer e outros, e ser o Fermento que leveda toda a massa a fim de fazer crescer o bolo da comunidade cristã.

Nós, que casamos no passado mês de Setembro, nesta graça que é viver para o outro, começamos uma nova etapa do nosso caminho. Um caminho que começa a três, somos nós e Deus!

Como nova família cristã que nasce, daremos os nossos passos na construção do Reino de Deus. Mantendo-nos fiéis ao sacramento que nos une, acolhemos o chamamento de seguir a nossa missão, de sermos evangelizadores desta Igreja una, ampla e sem fronteiras. Seguiremos assim a nossa missão noutro país. Será Moçambique a nossa primeira casa, nela permaneceremos durante um ano, e nela seremos fiéis ao chamamento que Deus tem para a nossa família.

Nesta forte vontade de vida em comunhão manteremos o nosso empenho por fazer crescer o amor: o nosso e também entre os membros da nossa família. A família que fica e é pilar e a família nova que acolhe e é luz.

Na paróquia de Santa Cecília de Ocua, e em conjunto com o Padre Paulino, seremos a equipa missionária que este ano dará continuidade ao projeto de cooperação "Salama". Este projeto surge de um acordo de cooperação assinado entre a Arquidiocese de Braga e a Diocese de Pemba, Moçambique.

Por agora, a nossa missão será noutro lugar, e rezamos para que todas as famílias se sintam preparadas para as mais diversas missões que Deus as chama a realizar.

Artigo publicado no Suplemento Igreja Viva de 04 de outubro de 2018.

PARTILHAR IMPRIMIR
Documentos para Download
Departamento para as Missões
Contactos
Coordenador

Sara Poças

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui