Arquidiocese

Nova Ágora

CANCELADA

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
DACS com Pe. João Torres | 15 Jun 2016
Pastoral Penitenciária de Braga forma voluntários
Encontro formativo acontece no dia 18 de Junho, no Centro Cultural e Pastoral da Arquidiocese de Braga.
PARTILHAR IMPRIMIR
 

A Pastoral Penitenciária de Braga leva a cabo no próximo Sábado, dia 18 de Junho, pelas 09h30, uma formação para futuros voluntários dos Estabelecimentos Prisionais de Braga (EPB) e Guimarães (EPG). O encontro decorre no Centro Cultural e Pastoral da Arquidiocese de Braga, situado na Rua de São Domingos, 94 B, em Braga.

Segundo o coordenador da Pastoral Penitenciária de Braga, o Pe. João Torres, serão abordados tópicos como "questões de segurança, riscos, contactos dos gestores de voluntariado e com outros profissionais com quem o voluntário vai interagir, o que é permitido e proibido em contexto prisional, confidencialidade, suporte e supervisão, o papel do voluntário, o local de trabalho, deveres da entidade receptora para com o voluntário e projectos em desenvolvimento".

 “O voluntário que trabalha em contexto prisional não pode ser uma pessoa deprimida, instável, com carências emocionais, imatura. A gestão das relações humanas pode tornar-se difícil quando o voluntário decide entrar no meio prisional para resolver os seus próprios problemas interiores. Neste contexto, também é importante salientar que o trabalho do voluntário nunca pode ser solitário, deve ser sempre enquadrado num trabalho de equipa, onde se partilham dúvidas, estratégias, problemas e soluções”, adiantou o coordenador, referindo-se ao perfil pretendido dos voluntários.

Para o Pe. João Torres, não basta a pessoa “querer e desejar” ser voluntária, sendo necessário "abraçar a tarefa como uma missão que requer responsabilidade, estabilidade emocional, força de vontade, gosto pelo trabalho voluntário e muita empatia".

O responsável sublinhou ainda que este tipo de voluntariado não tem grande reconhecimento, sendo maioritariamente desconhecido por ser praticado longe de "olhares públicos".

Estabelecimentos Prisionais de Braga e Guimarães: os projectos

O projecto “Rasgar horizontes” tem como objectivo a realização de sessões de cinema. A selecção dos filmes tem como pressupostos criar um ambiente de reflexão em torno de cada um dos filmes visualizados, promovendo o debate e a troca de ideias, de modo a desenvolver a capacidade de argumentação dos espectadores, ao mesmo tempo que se estimula a partilha e sustentação da opinião.

Já com o projecto “Correio da Esperança”, pretende-se que os reclusos possam manter contacto com alguém do mundo exterior ao Estabelecimento Prisional, nomeadamente através de correspondência. Todas as cartas são dirigidas para uma morada comum e posteriormente distribuídas a um voluntário que se disponibiliza para manter contacto com um recluso. 

Para além destes projectos, o EPB tem mais algumas iniciativas como as “Visitas Solidárias”, o “Café com”, as “Dispensas solidárias” e o projecto de Cidadania.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Departamento para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190