Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
DACS | 26 Jan 2022
Papa pede que pais não condenem filhos por orientação sexual diferente
“Sim, há dor. Muita. Mas pensem no Senhor, pensem em como José resolveu os problemas e peçam a José que os ajude”.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Vaticano

Francisco pediu esta quarta-feira para “nunca condenar um filho” pela orientação sexual e exprimiu solidariedade por todos os que passam por momentos de sofrimento.

O Papa afirmou que os pais que vêem orientações sexuais diferentes nos filhos” não se devem esconder numa atitude condenatória” nem ter medo” e pensar em como ajudar.

Na audiência semanal, o líder da Igreja Católica dirigiu-se a todos os pais que acompanham os problemas dos filhos, em particular os que perderam filhos por causa de uma doença ou de acidentes, ou que os acompanham numa doença crónica, e referiu a dor por que passam.

“Sim, há dor. Muita. Mas pensem no Senhor, pensem em como José resolveu os problemas e peçam a José que os ajude”, acrescentou.

Francisco recordou ainda as mães que iam visitar os presos, em Buenos Aires, onde foi arcebispo, e elogiou a “coragem” de quem acompanha “sempre” os seus filhos.

O pontífice apresentou ainda São José como exemplo de alguém que ligou a oração à caridade, e observou que apenas quando se une “a oração com o amor ao próximo somos capazes de compreender as mensagens do Senhor”.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Departamento Arquidiocesano para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190