Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
DACS com Vatican News/Agência Ecclesia | 30 Jun 2022
Francisco diz que é precisa “reconciliação” perante guerra entre povos cristãos
Para o Santo Padre é preciso “chorar as vítimas e o muito sangue derramado, a morte de tantos inocentes, o trauma de famílias, cidades, de um povo inteiro”.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Vatican Media

O Papa Franscisco afirmou esta quinta-feira que é necessária a reconciliação entre cristãos separados” quando cristãos lutam uns contra os outros”. O líder da Igreja Católica recebeu no Vaticano uma delegação do Patriarcado Ecuménico de Constantinopla, da Igreja Ortodoxa.

Francisco explicou que “a reconciliação entre cristãos separados, como uma contribuição para a pacificação de povos em conflito, é mais do que nunca actual, enquanto o mundo é abalado por uma cruel e insensata agressão bélica”.

Para o Santo Padre, que lamentou o sofrimento dos que “perderam seus mais próximos e queridos e são forçados a abandonar a própria casa e a própria pátria”, é preciso “chorar as vítimas e o muito sangue derramado, a morte de tantos inocentes, o trauma de famílias, cidades, de um povo inteiro”.

O Papa acrescentou que existe ainda a “necessidade de socorrer esses irmãos e irmãs”, numa chamada à caridade que, como cristãos, somos obrigados a exercer em relação a Jesus migrante, pobre e ferido”.

Francisco deixou ainda claro que é precisa conversão para compreender que as conquistas armadas, expansões e os imperialismos nada têm a ver com o Reino que Jesus anunciou”.

Mais de metade dos 45 milhões de ucranianos fazem parte da Igreja Ortodoxa, onde também é visível o confronto entre Kiev e Moscovo, com a existência de dois patriarcados no território. Em Janeiro de 2019, Bartolomeu reconheceu nova Igreja na Ucrânia como “autocéfala, independente, decisão rejeitada por Moscovo.

O líder da Igreja Católica disse que o tradicional intercâmbio de delegações entre a Igreja Católica e o Patriarcado Ecuménico é “um sinal tangível de que o tempo de distância e indiferença, durante o qual se pensava que as divisões eram um fato irremediável, foi superado”.

PARTILHAR IMPRIMIR
Departamento Arquidiocesano para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190